190 raios caíram em Poços no final de semana

A queda de raios em três dias foi maior que o número registrado em janeiro do ano passado. As tempestades que caíram sobre Poços de Caldas no fim de semana foram marcadas por ventania, granizo e ainda pela incidência de raios. De acordo com Grupo de Eletricidade Atmosférica – ELAT/INPE, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais registrou a queda de 190 raios no município entre sexta-feira, 11, e domingo 13, o mesmo número registrado em todo mês de janeiro de 2018.

Árvore localizada no Cemitério da Saudade ficou com a marca do raio que caiu na última sexta-feira, 11 – foto Odair Cabral

Alguns raios atingiram áreas como a do Cemitério da Saudade, onde uma árvore que fica perto do IML que foi alvo de uma descarga elétrica.

Um estudo da ELAT aponta que, neste verão, a incidência de raios em todo o país será marcada pelos efeitos do fenômeno climático El Niño. O que traz uma preocupação em relação já que a intensidade de raios deve aumentar entre 20 a 30% na região sudoeste compreendendo o Sul de Minas e Poços de Caldas.

Segundo um levantamento feito pela Companhia Energética de Minas Gerais, a Cemig, Poços de Caldas tem um histórico médio de 1.817 raios por ano. De acordo com a Cemig que também monitora a incidência de raios na região por causa dos equipamentos de transmissão de energia, em 2017 foram registrados 2.611 raios em Poços de Caldas.

O município tem uma das maiores incidências de raios na região com uma média de 3,24 por Km² por ano. Poços perde para Passos que tem uma média de 2,49 raios por Km². Pouso Alegre com 2,59 Km² e Varginha com 2,17 raios por Km².

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Este site está protegido.