Browse By

Caso Luquinha: suspeitos de espancar homem no Santa Emília são presos

A Polícia Civil de Poços de Caldas prendeu nesta quinta-feira, 8, três homens suspeitos de participação no espancamento de Lucas Rafael dos Reis de 30 anos,  mais conhecido como Luquinha, ocorrido no início de outubro deste ano. A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu na Santa Casa. Dois adolescentes, de 14 e 16 anos, também foram apreendidos. Os dois irmãos são os principais suspeitos da autoria do crime.

Polícia Civil prendeu 4 homense  apreendeu 2 menores suspeitos de participação no crime – foto Polícia Civil

Os mandados de prisão e apreensão foram cumpridos no Bairro Nova Aparecida. As investigações iniciaram a partir da identificação da vítima que ocorreu somente um dia depois da internação no hospital, pois Luquinha estava sem documentos. A família o reconheceu depois que foram divulgadas fotos das tatuagens da vítima.

Na época a esposa de Luquinha contou que na noite anterior ao espancamento eles estavam na casa de um amigo no Santa Emília. Ela foi embora mais cedo e depois não viu mais o marido.

As investigações apontaram que a motivação do espancamento teria sido um furto na casa de um dos suspeitos e ainda o envolvimento com o tráfico de drogas. As prisões e apreensões foram realizadas pelas equipes de investigadores da 1ª DRACO e da 2ªDAC.

O adolescente de 16 anos havia sido apreendido em novembro do ano passado por suspeita de envolvimento na morte de Jesuel Donizetti Beraldo, de 40 anos. Índio como era conhecido foi morto a pauladas e a pedradas e ainda teve as pernas queimadas. O corpo foi encontrado em uma mina d água na Avenida Engenheiro Ubirajara Machado no Nova Aparecida.

Os três homens tiveram a prisão temporária decretada e os menores devem ser internados temporariamente em um centro-socioeducativo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *