Browse By

Da praia para a cadeia: presos em Ubatuba já estão em Poços

A Polícia Civil de Poços de Caldas apresentou, na manhã desta quarta-feira, 20, os três suspeitos da operação Audacium que estavam foragidos no litoral norte de São Paulo. Eles foram presos pela Polícia Civil de Ubatuba, dois dias depois de a operação ser deflagrada, no bairro Vila Nova, na zona leste da cidade. Agora, já são nove pessoas presas.

Foragidos foram trazidos ontem à noite de Ubatuba – foto Poçoscom.com/Roni Bispo

Em entrevista coletiva na delegacia regional, o delegado Cleyson Brene, responsável pela operação, contou que os três presos J. C. L., 36 anos, J. D. M., 37 anos e A. T. P., 30 anos, estavam escondidos em um apartamento na Praia Grande. “Após a operação, recebemos informações de que os suspeitos estavam em Ubatuba e pedimos apoio da polícia civil paulista, que passou a monitorar os passos deles, a partir da identificação dos carros de luxo apreendidos com os suspeitos”, informou o delegado.

Ainda segundo Brene, os foragidos são considerados integrantes importantes no organograma da quadrilha responsável pelo tráfico de drogas no entorno da avenida Coronel Virgílio Silva. “Sabemos que são seis os integrantes considerados chefes da organização, sendo que estes três que estavam foragidos compunham esta liderança,” destacou.

Assim como os seis presos na semana passada, os foragidos também eram investigados por associação ao tráfico e lavagem de dinheiro, além de tráfico. Com eles, foram apreendidos R$ 7.400,00 em espécie e dois carros. Até o momento, já são 13 veículos apreendidos, avaliados em aproximadamente em R$ 500 mil.

Segundo os delegados a operação terá novas fases – Poçoscom.com

A Polícia Civil descobriu também que a organização criminosa patrocinou a produção de um funk que circula pelas redes sociais e que faz apologia ao tráfico no bairro Vila Nova. A letra do funk cita a maioria dos investigados na operação.

De acordo com o delegado regional, Gustavo Manzoli, esta ainda é a primeira fase da operação, que terá outros desdobramentos. Os bens dos investigados, como contas bancárias e imóveis, permanecem bloqueados como medida cautelar. “Todos os mecanismos legais no sentido de bloquear bens, imóveis e contas bancárias, todas estas medidas foram adotadas no inquérito policial”, disse o delegado regional.

2 thoughts on “Da praia para a cadeia: presos em Ubatuba já estão em Poços”

  1. Bill says:

    Parabéns pelo trabalho.

  2. BRUNO NOGUEIRA RAMOS DE OLIVEIRA says:

    Uauuu parabéns a toda polícia civil por anos vimos o vila nova como fonte de drogas em nossa cidade mais um dia sabia que a casa deles iriam cai oramos muitooooo por isso é glória a Deus que a polícia civil realizou isso pq limpou a cidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *