Browse By

Escola sem partido será debatido em Poços de Caldas

O polêmico projeto “ Escola sem partido” será tema de uma debate nesta quarta-feira, dia 1º de junho, no IFSULDEMINAS – Campus Poços de Caldas.

O debate “Escola Sem Partido: a que veio, a quem serve?” será realizado no auditório, tem como objetivo mostrar como funcionam o movimento e os projetos já aprovados em outros municípios e discutir profundamente, entre a comunidade, os servidores e os alunos do Instituto Federal visando uma compreensão e reflexão melhor sobre a situação.

Projeto visa restringir ações do professor em sala de aula - Foto acervo IEFSULDEMINAS

Projeto visa restringir ações do professor em sala de aula – Foto acervo IFSULDEMINAS

O projeto tem por objetivo vetar conteúdos e discussões sobre política, religião e gêneros dentro da sala de aula, ou seja, restringir ou proibir, o professor de ter liberdade de ensinar e de incentivar o pluralismo de ideias dentro da sala de aula. Muitos educadores e intelectuais acreditam que tal medida é um retrocesso e preocupante. Situação que ficou mais acirrada ainda na semana passada quando o atual Ministro da Educação, Mendonça Filho, recebeu em seu gabinete o ex-ator pornô Alexandre Frota, que apoia a implantação do projeto e teria defendido o fim do que o ator chama de “doutrinação ideológica das escolas”.

Estas e outras questões serão debatidas por professores e estudantes no auditório do IFSULDEMINAS que na ocasião terá o professor e sociólogo Isaias Pascoal (Campus Pouso Alegre), professor Rafael Kocian (Campus Muzambinho), professor Andrei Venturini (Campus Inconfidentes) e professor Flávio Calheiros (Campus Poços de Caldas) como debatedores e que vão discutir sobre o movimento “Escola sem Partido” e sobre os projetos de lei em curso nas assembleias legislativas brasileiras que defendem que “a doutrinação política e ideológica em sala de aula ofende a liberdade de consciência do estudante; afronta o princípio da neutralidade política e ideológica do Estado; e ameaça o próprio regime democrático, na medida em que instrumentaliza o sistema de ensino com o objetivo de desequilibrar o jogo político em favor de um dos competidores”.

Durante o debate, haverá um primeiro momento de palestra e apresentações das análises dos convidados, seguido de uma intervenção do mediador da mesa e, por fim, partindo para as perguntas da plateia presente. A mediação será do servidor do Campus Poços de Caldas, Danilo de Castro.

O evento é gratuito e aberto à participação de todos os interessados da comunidade, além dos alunos e servidores do IFSULDEMINAS. Para a emissão de certificado, preencha e envie o formulário de inscrição pelo seguinte link: https://docs.google.com/a/ifsuldeminas.edu.br/forms/d/17tzZnYYfqLOn6smnRB7VPykRikVHSMRfXeCtzj9oSCA/viewform

Saiba mais

As assembleias legislativas do Estado de Alagoas, do munícipio de Campo Grande/MS já aprovaram seus projetos de escolas sem partido; no município de Belo Horizonte o mesmo projeto (similar) está em tramitação. O executivo de Campo Grande vetou o projeto no último dia 27 de abril e o governador de Alagoas, Renan Filho( filho do senador e presidente do Senado Renan Calheiros), anunciou que irá vetar o projeto. No entanto, há uma tendência de expansão da proposta para outras câmeras legislativas de Estados e Municípios e os conteúdos do projetos têm chamado a atenção favorável da sociedade.

Serviço:

Data: 01/06/2016
Local: Auditório do campus – Entrada de graça
Horário: 19h às 22h
Debatedores: Isaias Pascoal (Campus Pouso Alegre), Rafael Kocian (Campus Muzambinho), Andrei Venturini (Campus Inconfidentes) e Flávio Calheiros (Campus Poços de Caldas)
Mediador: Danilo de Castro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *